Gabriele Gravina, presidente da Federação Italiana, abriu à porta à exclusão da Juventus da próxima edição da Serie A.

Em declarações à Rádio Kiss Kiss Napoles, o líder do futebol italiano afirmou que a insistência da Juventus em permanecer na Superliga Europeia, pode impedir que o emblema de Turim se inscreva para a Liga Italiana.

"As regras são claras: se quando se inscreverem para o próximo campeonato ainda fizerem parte da Superliga, não poderão participar na Serie A. Tenho pena dos adeptos, mas regras são regras, aplicam-se a todos", disse.

Contudo, Gravino espera que o assunto seja resolvido nos próximos tempos, com a renúncia da 'Juve' à Superliga Europeia, seguindo o exemplo de outros nove clubes fundadores do projeto.

Superliga: UEFA reintegra e aplica sanções financeiras a nove dos 12 dissidentes
Superliga: UEFA reintegra e aplica sanções financeiras a nove dos 12 dissidentes
Ver artigo

De recordar que Barcelona, Real Madrid e Juventus são os únicos clubes que insistem na concretização do projeto privado e concorrente da Liga dos Campeões e arriscam a sanções mais pesadas, estando a sua situação a ser analisada pelos órgãos disciplinares da UEFA.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.