O sul-africano Giniel de Villiers (Toyota) venceu hoje a nona etapa dos automóveis na 44.ª edição do rali Dakar de todo-o-terreno, em Wadi Ad-Dawasir, enquanto o catari Nasser Al-Attiyah (Toyota) consolidou a liderança.

De Villiers gastou 2:23.08 horas para cumprir os 287 quilómetros cronometrados de hoje, deixando o compatriota e companheiro de equipa, Henk Lategan (Toyota) a apenas nove segundos, na segunda posição.

O líder da classificação geral, Nasser Al-Attiyah, foi terceiro posicionado, a 1.04 minutos do vencedor, ganhando 1.07 minutos ao francês Sébastien Loeb (BRX), que foi quinto.

Loeb, nove vezes campeão mundial de ralis, foi multado pela organização por ter perdido uma roda suplente durante a etapa de segunda-feira, a oitava, escapando a uma penalização em tempo.

Já De Villiers chegou a ser penalizado em cinco horas, por ter atropelado um concorrente das motas e não ter parado para lhe prestar assistência nos primeiros dias de prova, mas a penalização acabaria por ser retirada, depois de os comissários analisarem o sistema de segurança (sentinel) e verificarem que o sinal emitido era bom mas não ótimo.

Desta forma, de Villiers é, agora, quinto classificado, a 1:45.01 horas do líder, Nasser Al-Attiyah.

O piloto catari tem 39.05 minutos de vantagem sobre o segundo classificado, Sébastien Loeb, e 58.44 minutos sobre o terceiro, o saudita Yazeed Al Rajhi (Toyota).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.