Apesar de ter chegado na noite da véspera de realizar o primeiro encontro no Poznan Porsche Open, Rui Machado adaptou-se rapidamente às condições de jogo do “challenger” polaco e já está nos quartos-de-final do torneio, dotado com 85 mil euros em prémios monetários.

«É bom quando sentimos que aquilo que trabalhamos, de uma ronda para a outra, se traduz dentro do campo com resultados», admitiu o 96.º jogador do ranking ATP, depois de eliminar o checo Jan Hajek (151.º), por 6-2, 6-1.

«Apesar do resultado poder transparecer facilidades, foi um encontro onde tive que trabalhar duro e estou contente com a minha prestação», frisou Machado que irá discutir um lugar nas meias-finais com o francês Vincent Millot (159.º).

No ano passado, Millot derrotou Machado no challenger de Tunis, por 6-4, 6-2.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto