O diário inglês 'The Sun' escreve este domingo que o Nantes vai fazer chegar à FIFA na próxima semana uma queixa contra o Cardiff City por falta de pagamento no negócio de Emiliano Sala, jogador que morreu em janeiro vítima de um acidente de aviação no Canal da Mancha.

Dias antes deste fatídico dias, os dois clubes tinham acordado – e até oficializado – a transferência do jogador, por cerca de 17 milhões de euros, valor que acabou por não ser paga face à morte do argentino. Esta situação gerou uma 'guerra' entre os dois clubes, pelo que o caso terá de ser resolvido pela FIFA.

O emblema francês defende que o negócio já estava fechado, pelo que salientam que os galeses devem pagar o valor na íntegra por um jogador que até já ia a caminho do novo clube quando sucedeu a tragédia. Por outro lado, o emblema que desceu ao Championship vinca que ainda existiam arestas a limar e que, por isso, não devem pagar qualquer quantia.

Recorde-se que o avançado argentino, Emiliano Sala, faleceu no passado dia 21 de janeiro quando viajava de Nantes para Cardiff num monomotor Piper PA-46-310P Malibu que se despenhou no Canal da Mancha. O corpo do jogador foi encontrado dias depois do acidente. Já o do piloto David Ibbotson continuar desaparecido.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.