Fernando Santos fez a antevisão do jogo de Portugal com a Alemanha, partida da 2.ª jornada do Grupo F do Euro2020. O Selecionador de Portugal falou das dificuldades que espera, das opções que poderá tomar e alertou para o perigo que os germânicos criaram à França.

Alemanha é o bicho papão? "Passamos muito facilmente do 8 para o 80. Portugal passou a ser uma seleção respeitada. Antigamente, Portugal era visto como uma equipa forte, mas estava fora dessas quatro ou cincos grandes seleções europeias. Neste momento, penso que não há nenhuma equipa no mundo que ache que vai ser fácil ganhar a Portugal. Mas daí a pensarmos que Portugal é melhor que a Alemanha…  Esta equipa é uma equipa fantástica, em termos coletivos e individuais. Eu não tenho medo nenhum da Alemanha. As duas equipas vão respeitar-se porque sabem que há qualidade coletiva e individual. Acharmos que Portugal é favorito com um jogo com a Alemanha e na Alemanha, é estarmos a passar dos limites. Se os meus jogadores têm a tentação de pensar assim dificilmente conseguiremos, pelo menos, empatar. O objetivo é vencer e para isso temos de ser muito fortes. Temos de melhorar aquilo que fizemos contra a Hungria. Para nós é um jogo muito importante e vamos encarar sempre com a missão de ganhar. É fundamental para nós ter bola e não perdemos muitas vezes a bola. Se não, as coisas ficam mais complicadas."

Alemanha diferente da Hungria, Renato Sanches pode jogar de início? "Não se pode comparar a Hungria com a Alemanha. A Hungria jogava com cinco defesas, a Alemanha joga com três. A qualidade individual dos jogadores não tem nada a ver. Não sei qual a comparação possível. Portugal vai por todas as suas qualidades em campo. É isso que vamos procurar fazer."

Alemães vão apostar na profundidade? "Não foi por aí que criaram oportunidades contra França. É uma equipa que gosta de explorar isso. A França conseguiu controlar isso muito bem. O jogo é repartido entre ter bola e não ter bola e entre momentos de ação defensiva e ofensiva. A arma fundamental é ter bola e obrigá-los a jogar longe da nossa baliza. O jogo é repartido entre ter bola e sem bola. É colocar no campo do adversário. Temos que ter atenção a esse momentos do jogo.

De que Alemanha está à espera para esse jogo?

"A Alemanha estava jogar no 3-4-3, mas já o vimos a jogar com três médios em 4-3-3, com três médios. Esse é grande modificação. Nos últimos tempos regressou a esse esquema, de uma forma dinâmica, com o Kimmich, frente à França."

Tem a equipa na máxima força?

"O Nuno Mendes não vai estar no banco. Os médicos já fizeram um comunicado, não vai estar apto para o jogo. Ter Ronaldo é muito importante, mas o Cristiano sozinho... A motivação é importante, a vontade de ganhar é muito importante. Se jogarmos só com o coração não vamos lá."

Sobre o Raphael Guerreiro pode explicar-nos a sua importância, mentalidade e características

"Essa pergunta terão que colocar ao treinador dele [no Dortmund]. O Raphael Guerreiro está há muitos anos connosco e se está aqui, é porque tem qualidade para estar."

Jogar na Premier League de que forma o refinou o Rúben Dias?

"Têm-se saído lindamente no Benfica, na seleção...Mais que o indivíduos. Se estão aqui é porque eles têm qualidade. Interessa-me falar do coletivo e não pelo individual."

Portugal e Alemanha jogam no sábado, a partir das 17:00 (hora de Lisboa), no estádio Allianz Arena, em Munique, em jogo da segunda jornada do Grupo F do Euro2020, que será dirigido pelo inglês Anthony Taylor. Na primeira ronda, a seleção nacional venceu por 3-0 a Hungria, em Budapeste, com um golo de Raphaël Guerreiro e dois de Cristiano Ronaldo, e soma três pontos no Grupo F, os mesmos da França, que venceu os alemães por 1-0, em Munique, graças a um autogolo de Mats Hummels. O Euro2020, que foi adiado para este ano devido à pandemia de covid-19, decorre até 11 de julho, em 11 cidades de 11 países diferentes.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.