O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) notificou oito futebolistas do Palmeiras Futebol Clube, em Braga, para abandono voluntário do país, por situação irregular em Portugal, anunciou hoje aquela polícia.

Em comunicado, o SEF acrescenta que foi ainda detido um cidadão estrangeiro, que se assumiu como “responsável do clube e pela vinda dos cidadãos para Portugal”.

A detenção ocorreu face aos “fortes indícios” da prática do crime de auxílio à imigração ilegal.

Na ação inspetiva ao Palmeiras, realizada na segunda-feira no âmbito da prevenção da exploração de mão-de-obra estrangeira em território nacional, o SEF identificou 12 estrangeiros que se encontravam a pernoitar nas instalações do clube, “sem que houvesse quaisquer condições adequadas para o efeito”.

Entre eles, “encontravam-se, pelo menos, dois que viram recusado o visto de estada temporária para o exercício de atividade desportiva amadora, que haviam solicitado no consulado português no seu país de origem”.

Foi ainda identificado um cidadão português. O detido vai ser levado à autoridade judiciária para aplicação das respetivas medidas de coação.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.