Mohammed Ben Sulayem, dos Emirados Árabes Unidos, e Graham Stoker, da Grã-Bretanha, são candidatos à presidência da Federação Internacional do Automóvel (FIA), no sufrágio agendado para o dia 17 de dezembro, formalizou hoje o organismo.

O ainda presidente Jean Todt, que assumiu o cargo em 2009, abandonará funções, após três mandatos à frente do órgão que regula, particularmente, os campeonatos mundiais de Fórmula 1 e Rali (WRC).

Mohammed Ben Sulayem, de 60 anos, é um ex-piloto de ralis, 14 vezes vencedor do campeonato de Ralis do Médio Oriente, e atualmente vice-presidente da FIA encarregado dos desportos daquela região, enquanto Graham Stoker, de 69, é advogado especializado em desporto, e também vice-presidente da entidade desde 2009, sendo o ‘braço direito’ de Todt.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.