O lisboeta, de 33 anos, que entrou no ‘qualifying’ do segundo ‘Grand Slam’ da temporada com ‘ranking' protegido, voltou a falhar o acesso ao quadro principal em Paris, depois de hoje ser derrotado pelo 161.º tenista mundial, por 7-5 e 6-2, em uma hora e 19 minutos.

O 287.º jogador da hierarquia ATP nunca disputou o quadro principal na ‘catedral da terra batida’, tendo sido eliminado também na terceira e última ronda da fase de qualificação em 2017 e 2012.

A representação portuguesa no quadro principal de singulares masculinos de Roland Garros fica assim a cargo de João Sousa, que teve entrada direta, e de Nuno Borges, que hoje venceu o húngaro Zsombor Piros com os parciais de 3-6, 6-2 e 6-1, na terceira e última ronda do ‘qualifying’ do ‘major’ parisiense.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.