Marine Le Penn, líder da extrema-direita francesa, foi hoje absolvida das acusações de difamação ao ex-tenista Yannick Noah, que a presidente da Front National tinha chamado de “exilado fiscal” e acusado de esconder dinheiro no estrangeiro.

Numa entrevista televisiva ao Grand Journal do Canal Plus, a 9 de março, Marine Le Pen foi questionada sobre algumas as personalidades preferidas dos franceses, como Yannick Noah, o ex-futebolista Zinedine Zidane ou o ator Omar Sy, todos de ascendência estrangeira, deixando algumas críticas ao ex-tenista.

Quando interrogada acerca da imigração poder ser uma oportunidade para a França, a líder da Front National respondeu que Noah era um «exilado fiscal» e que escondia «dinheiro no estrangeiro, ao invés de pagar os impostos em França».

O tribunal absolveu Marine Le Pen e rejeitou o pedido de 50 mil euros pedidos por Noah, por danos e perdas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.