O tenista búlgaro Grigor Dimitrov qualificou-se hoje pela primeira vez para a final das ATP Finals, ao derrotar o norte-americano Jack Sock, em três ‘sets’, na segunda meia-final.

Invicto desde o início das ATP Finals, o número seis mundial superou um começo em falso para se impor ao surpreendente Sock, com os parciais de 4-6, 6-0 e 6-3, em duas horas.

O norte-americano, que ocupa a nona posição da hierarquia ATP, ainda evitou três ‘match-points’, e dispôs de dois ‘break-points’ no último jogo, mas acabou por se despedir da O2 Arena de Londres.

Naquela que será a sua primeira final na competição que reúne os oito melhores tenistas da época, Dimitrov vai defrontar o belga David Goffin, jogador que já derrotou esta semana na fase de grupos e que hoje protagonizou o choque da jornada, ao eliminar o superfavorito, o suíço Roger Federer.

Esta será a primeira final entre dois estreantes na história do Masters, que começou em 1970 em Tóquio. O vencedor sucederá ao espanhol Alex Corretja, que foi o último ‘novato’ a vencer a prova, em 1998.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.