A seleção da Alemanha garantiu hoje a passagem às meias-finais das Finais da Taça Davis de ténis, em Innsbruck, Áustria, ao derrotar a Grã-Bretanha, por 2-1, voltando a integrar o lote de semifinalistas, pela primeira vez, desde 2007.

Em mais uma eliminatória jogada à porta fechada e sem público nas bancadas, por força das restrições impostas pela pandemia da covid-19, os britânicos entraram demolidores, com Daniel Evans (25.º ATP) a ceder apenas três jogos a Peter Gojowczyk e a vencer em dois rápidos ‘sets’, por 6-2 e 6-1, em apenas 57 minutos.

Com a vantagem de 1-0 na eliminatória, coube a Cameron Norrie, atual 12.º classificado no ‘ranking’ mundial, a tarefa de tentar selar o triunfo da Grã-Bretanha, mas acabou por esbarrar em Jan-Lennard Struff (51.º ATP), a quem havia ganho um único encontro, nas meias-finais do ATP 250 de Auckland em 2019.

Num embate muito equilibrado, os jogadores alternaram várias vezes o ascendente do desafio, mas no final levou a melhor Sruff, pelos parciais de 7-6 (8-6), 3-6 e 6-2, ao cabo de duas horas e três minutos, ficando a eliminatória empatada.

À semelhança do sucedido entre a Itália e a Croácia, que acabou por alcançar a qualificação para as meias-finais, foi necessário recorrer ao encontro de pares para encontrar a segunda nação semifinalista das Finais da Taça Davis 2021.

Num encontro que juntou em 'court' quatro especialistas da variante, todos eles membros do ‘top 20’ do ‘ranking’, Kevin Krawietz (14.º) e Tim Puetz (18.º) revelam-se mais fortes e derrotaram Joe Salisbury (3.º) e Neal Skupski (20º), com os parciais de 7-6 (12-10) e 7-6 (7-5), depois de recuperarem de 0-5 no ‘tie-break’ e registado sete pontos consecutivos.

Ultrapassada a equipa britânica, a Alemanha, que detém três títulos da Taça Davis, vai defrontar agora nas meias-finais a vencedora do embate entre a Federação de Ténis da Rússia e a Suécia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.