Pereira, de 22 anos, cumpriu a distância em 2.28,35 minutos, sendo apenas batida pela turca Viktoria Gunes, primeira com 2.26,48, e pela espanhola Marina García, segunda com 2.27,32.

Com este bronze, Portugal chegou ao oitavo pódio na natação, depois de duas medalhas de Diogo Ribeiro, de ouro e prata, do ouro de Camila Rebelo, as pratas de Ana Catarina Monteiro, Ana Pinho Rodrigues e Miguel Nascimento, e o bronze de Rafaela Azevedo.

De resto, é a 24.ª medalha da missão de 159 atletas portugueses em Oran2022, o mesmo número de pódios conseguido em Tarragona2018, então com 221 atletas lusos.

Raquel Pereira já havia participado nessa estreia do país no evento, com um quinto lugar nesta distância, o 10.º nos 100 bruços e o 12.º nos 50 bruços.

Obtêm-se os 24 pódios somando os ouros de Leandro Ramos, João Coelho, Cátia Azevedo, Diogo Ribeiro, Camila Rebelo e Rafael Reis, à prata de Ana Pinho Rodrigues, Maria Inês Barros, Ana Catarina Monteiro, Diogo Ribeiro, Miguel Nascimento, Daniela Campos, Jieni Shao, Lorène Bazolo, Liliana Cá e da equipa masculina de ténis de mesa, e os bronzes de Raquel Pereira, Rafaela Azevedo, Lorène Bazolo, Evelise Veiga, Filipa Martins, Tiago Pereira, João Geraldo e da equipa feminina do ténis de mesa.

Os Jogos do Mediterrâneo Oran2022 arrancaram em 25 de junho e decorrem até quarta-feira, com mais de três mil atletas de 26 países diferentes, incluindo 159 portugueses em 20 disciplinas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.