O belga Thierry Neuville (Hyundai i20) concluiu o primeiro dia na liderança, com o tempo de 1:04.27 horas, deixando o irlandês Criag Breen (Hyundai i20) na segunda posição, a 7,6 segundos, e o estónio Ott Tänak (Hyundai 20) em terceiro, a 31,2 segundos.

O antigo campeão mundial viu o seu i20 começar a perder combustível no início da secção da tarde e teve de abrandar o ritmo, numa prova feita de ‘faca nos dentes’, com especiais muito rápidas, feitas de acelerador a fundo.

“À tarde faltou-nos um pouco de potência mas foi agradável de conduzir. Às vezes falta experiência pois é a primeira vez que estou nesta prova”, frisou Tänak.

Quem beneficiou da experiência foi Neuville, que está a correr em casa.

“Sabia que se tivesse uma passagem limpa iria ser dos mais rápidos. A experiência também conta e o carro tem estado impecável”, disse.

O francês Adrien Fourmaux (Ford Fiesta) sofreu um espetacular acidente neste primeiro dia de prova, felizmente sem consequências físicas.

A oitava especial do dia acabou cancelada por questões de segurança, devido ao excesso de espetadores no local.

O finlandês Kalle Rovanperä (Toyota Yaris) lidera a armada da Toyota, no quarto lugar, já a 32,6 segundos do líder.

O britânico Elfyn Evans (Toyota Yaris) é quinto, a33,4 segundos e o francês Sébastien Ogier (Toyota Yaris), campeão em título e líder do campeonato, é apenas sexto, a 39,4 segundos de Neuville.

No sábado, os pilotos enfrentam mais oito especiais cronometradas, com um total de 119,92 quilómetros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.