O Circuito Internacional de Montalegre deixou de figurar no calendário mundial de ralicrosse, cuja edição de 2019 foi hoje divulgada pelo promotor do campeonato, a IMG.

O calendário de 2019 contempla 11 rondas, registando-se a entrada de duas novas provas, uma na Bélgica, no circuito de Spa-Francorshamps, e outra em Abu Dahbi, no circuito de Yas Marina, que abre o campeonato.

A Espanha passa a ocupar a data que era preenchida pela prova portuguesa, no último fim de semana de abril, em Barcelona.

"Estamos encantados com o calendário provisório de 2019. Tivemos um trabalho tremendo nos bastidores para montar o que acreditamos seja a combinação perfeita da tradição do ralicrosse e novos circuitos verdadeiramente desafiantes para os pilotos, que vão encantar os adeptos", disse o diretor-geral da IMG, Paul Bellamy.

O campeonato terminará em 01 de dezembro, na Cidade do Cabo, na África do Sul, depois de passagens também por Grã-Bretanha, Noruega, Suécia, Canadá, França, Letónia e Estados Unidos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.