O canoísta Fernando Pimenta assumiu hoje o sentimento de missão cumprida com o apuramento direto para final de K1 1.000 dos Europeus da Polónia, onde esperar estar “na luta por duas medalhas”, incluindo a de K1 5.000.

“O K1 5.000 é sempre muito imprevisível, pode haver toques e ficarmos logo arredados de luta por medalha. Vou lendo a regata durante a prova. Há atletas novos e outros que são mesmo especialistas nestas distâncias. Nos 1.000 será também uma competição muito interessante e espero conseguir um bom desempenho”, resumiu, em declarações à Lusa.

Ao vencer a sua regata de K1 1.000, em 3.51,647 minutos, batendo o espanhol Roi Rodriguez por 4,797 segundos e o italiano Andrea Schera por 5,227, Pimenta passou imediatamente para a final de sábado, às 10:16, horas de Lisboa, com o terceiro tempo entre os participantes.

“O objetivo era conseguir lutar pela final direta na eliminatória. Consegui. Foi duro pelas condições do vento, bastante de frente. Agora temos um dia de intervalo. Estou cansado pelas duas últimas semanas de trabalho após a Taça do Mundo, a preparar os Jogos Olímpicos, e depois de longa e atribulada viagem” para Poznan, acrescentou o limiano.

A falta de sistema automático de aterragem no aeroporto do Porto provocou na segunda-feira cancelamentos e desvios no tráfego aéreo que condicionaram os planos da comitiva lusa, que deveria chegar à hora de jantar a Poznan e apenas o conseguiu fazer já durante a madrugada e com escalas acrescidas mais uma viagem de autocarro.

João Ribeiro foi segundo na sua eliminatória de K1 500 e terá de ir à semifinal. O canoísta de Esposende ficou a 1,843 segundos do húngaro Balint Kopasz (1.42,860), provavelmente o maior rival de Pimenta na luta pelos primeiros lugares nos 1.000 metros.

Na final dos Europeus de canoagem adaptada está já Norberto Mourão que venceu a sua eliminatória de VL2.

Os Europeus estão a ser marcados pelo problema renal do olímpico Emanuel Silva – em Tóquio2020 será a sua quinta presença – que o mantém internado no hospital e obrigou à reconfiguração do K4 500, que estará ausente, agora separado por três outras embarcações.

Assim, João Ribeiro compete em K1 500 e em K2 500 com Messias Baptista, enquanto David Varela fará o K1 200.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.