A vida de Alexandre Dias sofreu uma reviravolta quando, aos 25 anos, foi-lhe diagnosticado Esclerose Múltipla. Depois de uma fase difícil em que, com 28 anos, chegou a pesar 116 kg, este atleta de Vimioso e formado em Economia, decidiu ´correr` com a doença através do desporto. Em 2014 juntou-se ao ´EM"Força`, projeto da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla(SPEM) e tornou-se no primeiro atleta português com Esclerosa Múltipla a completar uma maratona.

Com sete maratonas e 30 meias-maratonas no currículo, Alexandre Dias decidiu que tinha chegado de novo a hora de testar os seus limites. O passe seguinte era o triatlo, onde teria de vencer um dos seus medos: nadar. Depois de desistir nas duas primeiras tentativas devido a um ataque de pânico no sector da natação, o atleta natural de Vimioso conseguiu finalmente superar esta barreira e colocar a fasquia mais alta e entrar numa triatlo mais duro: o Iron Man.

No início de setembro participou no Iron Man Cascais 70.3, tendo completado os 1900 metros de natação, os 90,1 km de ciclismo e s 21,1 km de corrida com sucesso.

O desafio seguinte é o Iron Man de Barcelona, com 3800 metros de natação, 180 km de ciclismo e 42 km de corrida. Uma prova onde Alexandre pretende testar os seus limites e dar mais um exemplo de superação. E ainda ajudar a divulgar a EM.

A Esclerose Múltipla é uma doença crónica, inflamatória e degenerativa, que afeta o Sistema Nervoso Central (SNC). É uma doença que surge frequentemente entre os 20 e os 40 anos de idade, ou seja, entre os jovens adultos. Afeta com maior incidência as mulheres do que os homens.

Estima-se que em todo o mundo existam cerca de 2.500.000 pessoas com EM (dados da Organização Mundial da Saúde) e em Portugal mais de 8.000 (Gisela Kobelt, 2009).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.