Portugal volta a estar presente na final, depois de ter estado presente no derradeiro encontro do Europeu em 2010 e o sub-capitão, Pedro Cary, destacou a evolução da equipa e o ambiente de tranquilidade que a equipa tem vivido desde a concentração em Rio Maior.

“Temos um ambiente muito tranquilo desde Rio Maior, onde iniciamos os trabalhos. Portugal hoje é uma equipa competente, com qualidade e ciente das suas capacidades e responsabilidades.”

O ala luso garante que Portugal vai lutar até ao fim para contrariar a história.

“Vamos disputar uma final ibérica, frente a um adversário com muita qualidade habituado a estar nestes palcos e a vencer, mas nós estamos s fazer um trabalho excecional e é com todo o mérito que estamos aqui. Ninguém pensa em 2010. Estamos aqui apenas quatro jogadores Pedro Cary, João Matos, Bebé e André Sousa) que marcaram presença na Hungria e o grupo está renovado. São ambientes completamente distintos. Somos uma equipa muito mais madura, apesar da juventude, e estamos extremamente confiantes no jogo de amanhã.

“O Ricardinho uma vez disse-me que Portugal vai ser 10 por cento respeitado e os seus jogadores também quando ganhar um titulo. Nós merecemos esse respeito, mas isso conquista-se e um título faz com que isso se torne ainda mais real. Temos conquistado esse respeito sem títulos, mas queremos vencer. Acho que só depois disso vamos sentir ainda mais respeito, fruto do nosso trabalho”, concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto