O antigo internacional português Ricardinho, seis vezes eleito o melhor jogador do mundo de fustal e que se retirou da seleção em 2021, a seguir ao Mundial, disse ter a sua vontade cumprida com novo título europeu de Portugal.

“O que mais podia desejar dos meus companheiros!! Obrigado, Portugal”, escreveu o antigo internacional, ainda em atividade, mas que em novembro anunciou a retirada da seleção das ‘quinas’, pela qual foi campeão europeu em 2018 e mundial em 2021.

Na carreira, o jogador, de 36 anos, é ainda o jogador com mais distinções como melhor do mundo, em 2010, 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018, ano em que foi também eleito o melhor jogador do primeiro Europeu conquistado por Portugal, então na Eslovénia.

No domingo, foi Zicky, do Sporting, o jogador escolhido como o melhor no segundo título europeu de Portugal, depois de a seleção vencer a Rússia por 4-2, na final disputada em Amesterdão.

Também nas redes sociais, o treinador do Sporting, Nuno Dias, felicitou a equipa das 'quinas'.

"Portugal, campeão da Europa de futsal. Parabéns a todos, parabéns seleção, parabéns futsal português, somos os maiores (outra vez)", escreveu o técnico dos 'leões', que tiveram sete jogadores na equipa lusa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.