A seleção portuguesa já tinha garantido a passagem aos quartos-de-final do Europeu de futsal, e o jogo deste sábado apenas decidiria o primeiro lugar do grupo B, que acabou por pender para o lado russo devido à diferença de golos.

Apesar desse facto, o selecionador Jorge Braz mostrou-se em conferência de imprensa muito satisfeito com o desempenho dos seus jogadores em campo.

«Hoje (sexta-feira) queríamos ganhar, queríamos vencer o grupo, e tudo fizemos para isso. Tivemos momentos de excelência e um erro ou outro de estratégia. Mas mesmo assim o que fica, mais uma vez, é o espírito fantástico deste grupo, a grande solidariedade entre todos e a capacidade competitiva. Se eu fosse professor dava nota elevada a este teste», analisou.

O técnico fez ainda um balanço positivo desta fase de grupos em que Portugal averbou uma vitória (5-0 com a Holanda) e um empate (4-4 com a Rússia).

«Passamos esta fase com distinção. Quem joga assim tem poucas preocupações. Existe uma ambição muito grande destes jogadores», concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.