Mark Cavendish viveu um momento tenso ao lado da família, na madrugada do dia 27 de novembro. O ciclista britânico contou que a sua casa foi invadida por quatro assaltos, armados com facas.

Os assaltantes agrediram o ciclista e ainda ameaçaram a sua família, contou o próprio, nas redes sociais. O britânico explicou que lhe foram roubados alguns bens materiais. No entanto, contou, a prioridade é "garantir que todos" da família recuperam do incidente. "Pode levar algum tempo", escreveu o corredor da Deceuninck-QuickStep, de 36 anos.

Nas redes sociais, Cavendish escreveu que os objetos roubados "eram apenas bens materiais" e a prioridade da família é "garantir que todos" recuperam do incidente. "Pode levar algum tempo", escreveu o corredor da Deceuninck-QuickStep, de 36 anos.

"Levaram-nos o sentimento de segurança, de privacidade e de dignidade que a minha jovem família e toda a gente tem o direto de ter na sua casa", escreveu o ciclista de 36 anos.

O assalto já está a ser investigado pela polícia do condado de Essex, periferia de Londres. Numa nota divulgada à imprensa, as autoridades explicam que o grupo agrediu o ciclista e ameaçou a esposa, Peta, antes de deixar o local com uma mala de uma marca de luxo e dois relógios muito valiosos. Os três filhos do casal testemunharam o assalto.

"Este incidente deixou a nossa família extremamente abalada. Não apenas eu e Peta [a mulher], mas também os nossos filhos, que temeram pelas suas vidas e ainda estão a lidar com os efeitos do que se passou", escreveu Cavendish, em comunicado.

Mark Cavendish está a recuperar de uma lesão grave (fratura de duas costelas e de um pequeno pneumotórax) sofrida a 21 de novembro, durante uma prova de ciclismo de pista.

O especialista em sprint foi campeão do Mundo de estrada em 2011 e detém o recorde de vitórias em etapas na Volta a França (34), ao lado de Eddy Merckx.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.