Os Milwaukee Bucks apuraram-se no sábado à noite para as meias-finais da Conferência Este da Liga norte-americana de basquetebol (NBA), afastando ao quinto jogo a formação dos Orlando Magic, agora com 118-104.

O resultado acontece três dias depois de um histórico boicote aos jogos do campeonato profissional de basquetebol norte-americano, liderado pelos Bucks, em reação ao caso Jacob Blake, afro-americano de Winsconsin que foi baleado nas costas pela polícia.

Jogadores das duas equipas, treinadores e árbitros ajoelharam-se durante o hino, ao mesmo tempo que no ecrã do pavilhão passava o nome de três personalidades mortas nas últimas horas: Cliff Robinson, antigo jogador dos Portland, Lute Olsen, que foi treinador no campeonato universitário, e o ator Chadwick Boseman, protagonista do filme ‘Black Panther’ e apresentado como um amigo próximo da NBA.

Os Bucks, que traziam uma vantagem de 3-1 na eliminatória, precisavam de uma vitória apenas e conseguiram-na.

Com 17 pontos de avanço ao segundo quarto, os Bucks permitiram uma reação aos Magic, que chegaram a ficar a três pontos, perto do fim. Então, voltou a brilhar Giannis Antetokounmpo, que fechou com 28 pontos e 17 ressaltos na partida.

Na segunda-feira, os Bucks jogam já contra os Miami Heat, para a final da conferência.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.