Os etíopes Gerba Beyat Dibaba e Ethelmahu Sintayehu Desci venceram hoje a meia-maratona de Lisboa, em masculinos e femininos, respetivamente, provas nas quais Samuel Barata e Solange Jesus foram os melhores portugueses.

Na prova masculina, Dibaba cronometrou 1:01.21 horas, impondo-se ao queniano Isaac Kipsan Temoi (1:01.23) e ao eritreu Awet Habte Gherezghiabehr (1:02.11), que concluíram a prova, que terminou na praça do Comércio, nas segunda e terceira posições, respetivamente.

Samuel Barata foi o melhor português, ao terminar na sexta posição, com 1:02.49, seguido de Miguel Borges, que foi oitavo (1.04.55) e de Fábio Oliveira, nono (1:05.22).

No setor feminino, a etíope Ethelmahu Sintayehu Dessi venceu em 01:10.48 horas, tendo a sua compatriota Gete Alemayehu Teklemichael, que correu em 1:13.33, sido terceira, atrás de Dolshi Tesfu Teklegergish, da Eritreia, que foi segunda, com a marca de 1:13.33.

Solange Jesus foi a melhor atleta portuguesa na prova, terminando na quarta posição, com a marca de 1:15.25, imediatamente à frente de Sara Duarte, que foi quinta, com 1:20.24

Ambos os vencedores da prova, que partiu da Ponte Vasco da Gama, revelaram-se muito satisfeitos com os resultados e por poderem correr em Lisboa, neste regresso das competições, interrompidas devido à pandemia de covid-19.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.