A estreante Eslovénia, campeã europeia em título, conquistou hoje a primeira vaga nas meias-finais do torneio olímpico de basquetebol, ao vencer a Alemanha por 94-70, liderada por Luka Doncic e Zoran Dragic.

Doncic voltou a ficar muito perto do ‘triplo duplo’, com 20 pontos, 11 assistências e oito ressaltos, enquanto Dragic foi o melhor marcador do encontro, com 27 pontos, alicerçados numa percentagem de 85% nos ‘tiros’ de campo (11 em 13).

Mike Tobey, com mais um ‘duplo duplo’ (13 pontos e 11 ressaltos), esteve também em grande evidência no conjunto de Aleksander Sekukic, que se colocou a um triunfo das medalhas na primeira presença nos Jogos Olímpicos.

Para chegar a um dos ‘metais’, a Eslovénia precisa de bater o vencedor do embate dos ‘quartos’ entre França e Itália ou, perdendo esse jogo, ganhar o encontro da atribuição do bronze, com Estados Unidos, Espanha, Austrália ou Argentina.

Por seu lado, a Alemanha está fora da corrida, depois de um encontro em que nunca foi capaz de lidar com a agressividade defensiva dos eslovenos, não contando também com qualquer jogador inspirado a atirar ao cesto.

Maodo Lo, com 11 pontos, Niels Giffey, com 10, e Moritz Wagner, com nove, lideraram os germânicos, que no final do primeiro período já perdiam por 11 pontos (25-14).

No segundo quarto, a Alemanha ainda liderou (32-31), mas a Eslovénia passou à frente ao intervalo (44-37), reforçou a vantagem para a casa das ‘dezenas’ no terceiro período (66-54) e foi ‘arrasadora’ no quarto, que venceu por 28-16.

Todas as notícias e reportagens sobre Tóquio 2020 acompanhadas ao minuto pelo SAPO Desporto

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.