O Comité Olímpico de Portugal (COP) e as federações desportivas nacionais reuniram-se hoje para avaliar a prestação nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, a melhor de sempre para o país, e lançar Paris2024.

A reunião versou a participação desportiva da missão que competiu na capital japonesa e trouxe a melhor prestação de sempre, a começar por quatro medalhas, o ouro de Pedro Pichardo (triplo salto), a prata de Patrícia Mamona (triplo salto), e os bronzes de Jorge Fonseca (judo) e Fernando Pimenta (canoagem).

De resto, o país conseguiu a melhor pontuação de sempre, com 57 pontos, para a qual contribuíram ainda os 15 diplomas, e superou todas as marcas de prestação desportiva acordadas com o Governo.

Além desta avaliação, seguiram-se “algumas sugestões” para lançar Paris2024, com a presença não só das federações com representação em Tóquio2020 como aquelas que pretendem colocar atletas daqui a três anos.

“Apresentou-se um conjunto de sugestões que o Plano de Preparação para os Jogos Olímpicos de Paris deverá incluir. Nesse sentido foi uma jornada de trabalho muito proveitosa”, declarou o presidente do COP, José Manuel Constantino, citado em comunicado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.