A vida continua difícil para Andrea Pirlo ao leme da Juventus. O clube de Turim está praticamente arredado do sonho de revalidar o título da Serie A (está a 11 pontos do líder, Inter de Milão, com 15 pontos por disputar) e caminha para não ser campeão italiano pela primeira vez em dez épocas.

Pior que isso, corre mesmo o risco de falhar a presença na Liga doos Campeões: ocupa o quarto lugar, com os mesmos pontos do terceiro, o Nápoles, mas também com os mesmos pontos do quinto, o AC Milan, sendo que apenas os quatro primeiros lugares conferem acesso à Champions.

Por tudo isto, são muitos os que vêm exigindo a saída do treinador, sobretudo desde que este se viu eliminado da presente edição da 'Liga Milionária' pelo FC Porto. A contestação é crescente (o filho de Pirlo mostrou já ameaças de morte por parte de adeptos nas redes sociais) e os dias do antigo médio como treinador da Juve que parecem mesmo estar contados.

Segundo o jornal 'La Stampa', Pirlo poderá nem sequer aguentar até ao final da presente temporada, correndo o risco de ser despedido se a Juventus não ganhar à Udinese no próximo domingo. Nas últimas dez jornadas da Serie A a Juventus somou apenas cinco vitórias.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.