Luís Figo esteve este fim-de-semana à conversa com Fabio Cannavaro num direto da rede social Instagram, onde admitiu que viver tempos difíceis no Inter sob o comando de Roberto Mancini, atual selecionador de Itália.

"De início tive uma boa experiência no Inter, mas depois tive uma má experiência com ele. Foi uma sensação muito má a nível humano, porque ele foi uma das pessoas que mais me humilhou na minha carreira", lamentou o antigo internacional português.

O ex-avançado recordou ainda que, na altura em que rumou a Itália, estava já em final de carreira e não a dar os primeiros passos.

"Quando estava no Inter eu sofri. E não tinha 20 anos, já tinha 34 ou 35 e vivi situações que não deveria ter vivido. Não era questão de jogar menos, porque aos 34 anos já se sabe o que se pode dar. Mas fazer-te aquecer durante 85 minutos e depois meter-te a jogar durante três minutos para ver se tu explodes, não é normal. Faltou respeito e educação. Tu tens que ser profissional e aceitar, mas o nosso relacionamento nunca mais foi o mesmo", acrescentou.

Recorde-se que depois de representar Sporting, Barcelona e Real Madrid, Luís Figo vestiu o camisola do Inter entre 2005 e 2009, onde acabaria por terminar a carreira como futebolista.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.