A Federação Italiana de Futebol (FIGC) deliberou hoje um limite de 25 jogadores por plantel, da Serie A ao terceiro escalão, estipulando que o adiamento de jogos ocorre se, pelo menos, nove jogadores estiverem infetados com SARS-Cov-2.

“Se houver um número de resultados positivos superior a 35% dos inscritos pela equipa, todo o plantel ficará inelegível”, esclareceram os responsáveis pelo organismo que rege o futebol transalpino.

Até agora, os diversos clubes optaram por aumentar os elencos das suas equipas principais com jovens atletas, por exemplo nos treinos, sem necessidade de informar a FIGC, mas esta entidade acordou na passada semana com o governo italiano novas regras de combate à pandemia, a partir de hoje em vigor.

As várias equipas têm de entregar na véspera do seu próximo jogo um documento com a lista dos 25 jogadores utilizáveis, a qual será atualizada semanalmente.

Em 06 de janeiro, quatro encontros do campeonato principal italiano foram adiados devido a surtos elevados de covid-19 em vários plantéis.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.