Fernando Santos fez, ao início da tarde desta sexta-feira, a antevisão do jogo com o Qatar, marcado para o próximo sábado. O selecionador nacional de futebol admitiu que a equipa não tem jogado bem, abordou as lesões de Palhinha e Pepe deixou críticas ao calendário das seleções.

Sem Ronaldo, Seleção vai mudar a forma de jogar? "A forma de jogar da equipa é a que normalmente tem. Mas nem sempre as coisas funcionam como nós queremos. Os jogadores vêm das suas equipas, vêm de posicionamentos diferentes, de objetivos diferentes, rotinas distintas, pensamentos de jogo diferentes... Chegam aqui e não têm oportunidade de treinar. É colocá-los em campo e explicar, em termos de quadro, o que procuramos tentar fazer. Esta janela de seleções não faz sentido na minha opinião. Chegamos aqui não treinámos nenhuma vez, agora vamos fazer uma viagem de três horas. O treino hoje foi tão curto que vocês viram que estávamos aqui todos prontos já para falar."

O que Portugal tem de melhorar? "Vamos tentar manter as nossas dinâmicas. A bola tem de circular mais e mais rápido. A ação individual é importante, mas é o coletivo que faz a equipa jogar bem. Não temos sido, ultimamente, uma equipa muito equilibrada. Nos últimos quatro jogos realizados, sofremos oito golos. É algo anormal. Marcámos menos do que o que sofremos. Assim é difícil ter bons resultados. Já vi o jogo na televisão, que às vezes nos elucida melhor de aspetos que no campo não percebemos. A partir dos 25 minutos demos muitas hipóteses no contra-atraque, o jogo partiu-se e ficou mais difícil. Temos de regressar ao que somos, a jogar como equipa, a jogar com criatividade, com qualidade, mas como equipa."

Situação de Pepe e Palhinha: O Pepe e Palhinha não têm nenhuma lesão propriamente dita. Foram hematomas que sofreram. A informação clínica que tenho é que em 2/3 dias estarão aptos para poder voltar à competição. O Palhinha talvez mais rápido do que o Pepe. São dois jogadores em quem pensamos que poderemos contar com eles no jogo com o Azerbaijão. Mas amanhã dificilmente algum dos titulares do último jogo vai jogar de início também"

No sábado, Portugal defronta o Qatar no Estádio Nagyerdei, em Debrecen, pelas 17h45, num encontro que será dirigido pelo húngaro Grego Bogár, retomando a qualificação na terça-feira, com o Azerbaijão, em Baku, em jogo da quinta jornada.

Portugal ocupa a liderança do grupo A, com 10 pontos, mais três do que a Sérvia, que ainda não jogou, enquanto o Luxemburgo, que venceu o Azerbaijão por 2-1, é terceiro, com seis, seguindo-se irlandeses e azeris, sem qualquer ponto somado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.