O FC Porto B venceu esta segunda-feira em Fafe, por 2-1, na partida que encerrou a 34.ª jornada da 2.ª Liga. Os dragões estiveram melhor, apesar das tentativas da turma da casa, que se afunda ainda mais na zona de despromoção, comprometendo a permanência, enquanto os portistas se afastam dos lugares incómodos.

Os visitantes colocaram-se em vantagem logo nos primeiros minutos, através de um penálti convertido por Kayembe. Materazzi fez falta sobre André Pereira dentro da sua área, tendo o árbitro assinalado falta. Kayembe não desperdiçou a oportunidade, inaugurando assim o marcador.

O golo madrugador trouxe confiança à equipa de António Folha, que, aos 21', esteve muito perto de aumentar a vantagem. André Pereira, na área do Fafe, rematou à baliza com o pé esquerdo, obrigando a Ricardo Fernandes a uma defesa apertada para canto.

Ainda assim, nos minutos finais do primeiro tempo, os anfitriões apresentaram-se bastante perigosos e a tentar sair em contra-ataque, aproveitando os erros do FC Porto B, que, no entanto, mostrou-se eficaz no setor defensivo.

No segundo tempo, a equipa comandada por Tonau intensificou a pressão sobre os dragões e, aos 60 minutos, colocou a partida novamente empatada. Samu bateu um livre na direita para a área, onde estava Allan Júnior, que desviou de cabeça para dentro da baliza de Gudiño.

Na resposta, o FC Porto B, com uma jogada fenomenal de Galeno, voltou a colocar-se na frente. O extremo pegou na bola na linha, fez uma diagonal da esquerda para dentro e, à entrada da área, fez o golo que ditou o resultado final e a vitória dos azuis e brancos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.