O jogador do Santa Clara Rui Costa reconheceu hoje que o jogo diante do Benfica vai ser “especial”, mas salientou que a equipa açoriana vai ser “igual a si própria" no encontro da I Liga de futebol.

“Jogar contra os ‘grandes’ é sempre especial para nós e para nossos adeptos. Receber um ‘grande’ nos Açores é sempre especial. Em relação ao nosso jogo, vamos continuar a ser iguais àquilo que somos, a tentar fazer o nosso jogo e a fazer história mais uma vez”, afirmou.

O atleta falava hoje, no estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, na conferência de imprensa de antevisão ao encontro diante do Benfica, da quinta jornada da I Liga de futebol.

Rui Costa afirmou que a equipa açoriana, que soma quatro pontos no campeonato, vai procurar conquistar os três pontos diante da equipa da Luz.

“Vamos tentar a vitória, como tentamos em todos os jogos. É para isso que temos trabalhado”, assinalou.

O avançado salientou a importância da pausa no campeonato, depois de um mês de agosto “cheio de jogos”, em que só foi possível ter uma “preparação básica” antes das partidas, devido à sequência de encontros da Liga Conferência Europa, do campeonato e da Taça da Liga.

“Chegávamos aqui [Açores], tínhamos um, dois treinos, muito incompletos, era só uma preparação básica e íamos para jogo. Acho que estes quatro dias de folga deram para recarregarmos energias e estarmos no topo no jogo contra o Benfica”, realçou.

Rui Costa, que já apontou um golo no campeonato, elogiou ainda a atitude dos adeptos, que têm apoiado “a equipa sempre que possível”.

“A lotação passou de mil para cinco mil, o que é bom para nós, e esperamos continuar a ter o mesmo apoio de sempre dos nossos adeptos”, afirmou.

Na terça-feira, a Direção Regional de Saúde dos Açores autorizou o aumento da capacidade do estádio de São Miguel de mil para cinco mil lugares para o jogo Santa Clara-Benfica, da I Liga de futebol.

Questionado sobre o impacto da crise interna no Santa Clara, devido à saída de Rui Cordeiro da presidência da SAD e do clube, no rendimento da equipa, Rui Costa destacou que o plantel está “focado” em “trabalhar”.

“Nós temos o nosso grupo de trabalho e é nisso que nos temos vindo a focar: trabalhar e mostrar aquilo que somos dentro de campo. O que se passa à volta, não é connosco. Não nos diz respeito. Nós temos de entrar dentro de campo e fazer o que melhor sabemos”, assinalou.

O Santa Clara, 12º classificado, com quatro pontos, recebe o Benfica, primeiro, com 12, no sábado, às 17:00, em jogo da quinta jornada da I liga de futebol.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.