O Sporting venceu hoje em casa do SC Braga, por 2-1, resultado que permite aos 'leões' liderarem a prova juntamente com o Benfica. Um golo em cada parte - Jovane abriu o ativo aos 40 minutos e Pedro Gonçalves ampliou aos 50' - permitiu aos campeões nacionais chegarem a uma vantagem que parecia relativamente confortável. No entanto, a expulsão de Matheus Reis deu um novo fôlego aos minhotos, que ainda reduziram nos descontos por Abel Ruiz.

Com esta vitória, o Sporting junta-se ao Benfica no comando da I Liga, com os mesmos seis pontos, enquanto o SC segue em oitavo, com três pontos.

Veja o resumo da partida

Rúben Amorim apostou no mesmo onze que venceu o Vizela na primeira jornada, enquanto Ricardo Horta foi a grande ausência no lado do SC Braga, devido a um quadro de "fadiga/contratura muscular", tendo ficado de fora por prevenção.

Os minutos iniciais foram mais disputados que bem jogados, sendo que a primeira oportunidade clara do jogo só apareceu aos 38', numa fase em que o SC Braga estava por cima: Adán começou por afastar uma primeira tentativa, e na recarga Lucas Piazón rematou para a defesa com os pés do guardião leonino.

O Sporting ainda não tinha criado grande perigo, mas acabou por marcar na melhor oportunidade de que dispôs. Ricardo Esgaio cruzou junto à quina da área com e Jovane apareceu ao segundo poste a cabecear para o 1-0.

Já em cima do intervalo, Fábio Martins tentou o golo de letra, mas Adán respondeu com uma grande defesa.

Com a confiança reforçada pelo golo, o Sporting entrou melhor na segunda parte e só precisou de cinco minutos para fazer o segundo, desta vez pelo suspeito do costume. Jovane Cabral serviu Pedro Gonçalves no interior da área, que atirou cruzado para o fundo das redes, fora do alcance de Matheus. Tal como Jovane, também Pote voltava a marcar ao SC Braga, depois de o ter feito na Supertaça.

Aos 54' os minhotos reclamaram uma bola no braço de Ricardo Esgaio, dentro da grande área do Sporting, mas Luís Godinho mandou seguir depois de ouvir o VAR.

O jogo acabaria por perder qualidade, com muitas faltas e interrupções - Matheus Reis viu o segundo amarelo a dez minutos dos 90 - sendo que o SC Braga ainda conseguiu reduzir na compensação, por Abel Ruiz, mas já não foi a tempo de evitar a derrota. Sem grandes artifícios, mas com eficácia máxima, o Sporting sai da Pedreira com o mais importante: três pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.