Rúben Amorim, treinador do Sporting, considerou que a sua equipa mostrou-se de forma competente em Braga, mas realçou que os leões poderiam ter sido melhor no setor atacante.

Méritos do Sporting na vitória: "Fomos uma equipa muito competente, uma primeira parte onde dominámos o jogo. Aqui e ali alguma distração por vezes num lançamento, numa saída mal feita na construção, mas dominámos o jogo. O SC Braga a ter que bater muito a bola e nós a controlarmos o jogo. Podíamos ter sido melhores no ataque, faltou-nos aqui e ali alguma energia que costumamos ter, mas até ao golo não houve grande história, um jogo dividido mas com ascendente do Sporting. Acabamos por fazer dois golos, desligamos um pouco e com a expulsão ficou só com um sentido"

Sporting não foi tão competente a jogar com 10 como noutra ocasiões: "Algum cansaço... No Feddal, eles meteram muita gente desse lado. O SC Braga também aprende com o ano passado, no ano passado teve 80 minutos, na meia-final da Taça com o FC Porto e as equipas vão aprendendo, os treinadores vão aprendendo onde quebrar um bloco baixo de 10 jogadores. Nós tentámos fazer o máximo, os jogadores deram o máximo. (...) Há sempre variáveis que não controlamos, mas mérito dos jogadores que aguentaram o resultado"

Entrada de Ugarte coincide com o golo do SC Braga: "Mesmo se estivesse lá o Palhinha não tinha qualquer impacto. Íamos por o Daniel Bragança, porque é um jogador que tem bola e precisávamos de bola. Uma ou outra saída se tivéssemos outra clarividência podíamos ter feito o terceiro. Quando fomos mexer, sofremos o terceiro golo. Há coisas que não controlamos, o treinador devia de ter sido mais rápido"

Duas vitórias frente ao SC Braga são bom sinal: "Cada jogo tem a sua história, portanto não conta nada. Agora é preparar o Belenenses, são seis pontos. O campeonato está muito no início, há muito para melhorar e para trabalhar"

Já Matheus Nunes, eleito o melhor jogador da partida, realçou o grau de dificuldade do encontro e a forma como a equipa lidou com a situação de inferioridade numérica.

Análise ao jogo: "Foi um jogo muito difícil, nós já esperávamos que fosse um jogo assim, é sempre difícil jogar aqui, mas acho que deixámos claro que somos uma grande equipa e vamos continuar a trabalhar para continuar a fazer o mesmo"

Expulsão abanou equipa: "Faz tudo parte do jogo, acontece. Acho que soubemos lidar bem com a situação que foi ter um jogador a menos, continuámos a trabalhar da mesma maneira e acho que foi um resultado justo"

Vencer o SC Braga duas vezes no início da época é bom tónico: "Não, jogar contra o SC Braga é como jogar contra outra equipa qualquer. Respeitamos todas as equipas da mesma maneira, vamos continuar a trabalhar para continuar a fazer o mesmo que temos feito até aqui e de certeza que vamos conseguir vencer os jogos"

O Sporting parte como favorito para a época: "Não, acho que somos uma grande equipa como já disse, como muitas outras, mas vamos continuar a trabalhar jogo a jogo como sempre trabalhamos"

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.