Pinto da Costa marcou presença no Museu do FC Porto onde o treinador Sérgio Conceição e os capitães de equipa entregaram a Supertaça de Portugal, ganha na passada quarta-feira ao Benfica. Num discurso aos presentes, entre eles os jogadores da equipa principal de futebol, além de vários membros da direção do clube, o presidente dos 'dragões' elogiou a "dedicação e espírito de equipa" dos homens de Conceição para vencer este troféu.

"Esta 22ª supertaça conquistada pelo FC Porto, número superior às ganhas por todos os outros clubes juntos, é a demonstração do querer, da vontade e do valor do nosso plantel e do treinador. Depois de termos ganho o campeonato e a Taça, parece-me que seria óbvio que, no tira-teimas, confirmássemos essa mais-valia. Assim foi, fruto do trabalho que tem sido feito, numa altura difícil para o país, sobretudo para o futebol, porque muitos outros setores ainda vão tendo público que motive os artistas. Isto só é possível, para além do grande valor de todos, pela dedicação e pelo espírito de equipa e verdadeira família que existe no FC Porto e nomeadamente no futebol", garantiu o líder portista, antes de deixar elogios ao treinador.

"Alguns como Pepe já nem sabem quantos troféus ganharam, o Sérgio [Conceição] também. Sei que é o quinto como treinador, sei que não é o último e sei que todos nós muito vibrámos. Estávamos convencidos que esta época íamos ser arrasados e que, quando soubemos da data do jogo, iriamos sofrer um vexame muito grande. Mas quem tem Sérgio Conceição e este plantel tem tudo", atirou.

Ainda no seu discurso, o líder portista desejou voltar ao Museu do clube esta época com mais troféus conquistados pela equipa principal de futebol.

"Sérgio, muitos parabéns, além de uma amizade fraterna, tenho grande admiração pelo teu trabalho, da mesma que os capitães presentes aqui, que conheço há muitos anos, dão provas de amor ao FC Porto há muitos anos, deixam garantia que este não será o último troféu desta época. Quero desejar felicidades e dizer que eu e toda a administração estamos de alma e coração, formando também uma equipa para levar o FC Porto às vitórias. São esses os motivos pelos quais temos muito orgulho por ter este treinador e estes jogadores como capitães de equipa", finalizou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.