O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, reagiu na tarde desta quinta-feira à instauração de um processo disciplinar a Sérgio Conceição, recordando a PIDE.

"Apetecia-me falar e muito, mas não o vou fazer. É que me lembro, desde criança, que havia gente que queria falar e não podia por causa da PIDE. Desde criança que me habituei a que mesmo que queira falar muito, não posso falar. É por isso que não vou falar. Lembro-me dos tempos de criança em que tínhamos medo da PIDE", atirou o presidente do FC Porto, à margem de uma homenagem a José Maria Pedroto, que faleceu há 36 anos.

Recorde-se que, esta manhã, Sérgio Conceição viu-lhe ser instaurado um processo devido à "inobservância de outros deveres relacionados com declarações proferidas em conferência de imprensa de antevisão a jogo oficial".

Apesar do Conselho de Disciplina não revelar a que jogo as declarações dizem respeito, o jornal 'O Jogo' adianta que serão as palavras ditas pelo técnico do FC Porto antes da partida frente ao Marítimo, a 3 de outubro. Na antevisão a essa partida, Conceição pediu "coragem" aos árbitros para lutarem contra o antijogo, além de pedir para que não fossem mostrados amarelos aos 90'.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.