O Brasil divulgou ao final da noite de terça-feira uma llista provisória com 50 jogadores pré-convocados para o torneio Olímpico masculino de futebol de Tóquio2020 e dela faz parte Lucas Veríssimo, defesa central que chegou ao Benfica em janeiro último, mas não Pepê, reforço já confirmado do FC Porto para 2021/22. Há, contudo, um jogador dos 'dragões' na lista: o avançado Evanilson.

Sérgio Conceição poderá, desta forma, contar com o extremo contratado ao Grêmio a troco de , nos trabalhos de pré-temporada dos azuis e brancos desde o primeiro dia. Isto porque o torneio olímpico vai decorrer de 26 de julho a 11 de agosto e o FC Porto vai iniciar a nova época a 2 de julho, data para a qual estão marcados os primeiros exames médicos. Os primeiros treinos estão marcados para 5 de julho, no Olival.

Não é ainda assim certo que, no Benfica, Jorge Jesus não possa contar com Lucas Veríssimo. É que, recorde-se, o torneio olímpico de futebol masculino (dirigido a jogadores sub-23) não faz parte das chamadas 'datas FIFA', pelo que os clubes não estão obrigados a libertar os seus jogadores para a competição.

Assim, as 'águias' poderão exercer o direito de impedir que o central de anos viage para Tóquio para participar nos Jogos Olímpicos, com o clube da Luz a ter a ter a 1.ª mão da 3.ª pré-eliminatória da prova está marcada para 3 ou 4 de agosto e a 2.ª mão para 10 de Agosto de 2021. Recorde-se que também Luca Waldschmidt poderá ser um dos convocados da Alemanha para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Para já, o atacante das 'águias' figura entre uma lista provisória com 50 nomes, segundo avança a revista germânica 'Kicker'.

Confira os 50 nomes que integram a pré-convocatória do Brasil para os Jogos Olímpicos, da qual fazem parte estrelas como Neymar, Vinícius Jr ou Gabriel Barbosa:

Guarda-redes

Alisson (Liverpool)
Weverton (Palmeiras)
Santos (Athletico-PR)
Gabriel Brazão (Real Oviedo)
Brenno (Grêmio)
Ivan (Ponte Preta)
Cleiton (Red Bull Bragantino)

Defesas centrais

Nino (Fluminense)
Gabriel Magalhães (Arsenal)
Ibañez (Roma)
Marquinhos (Paris Saint-Germain)
Éder Militão (Real Madrid)
Felipe (Atlético de Madrid)
Vitão (Shakhtar Donetsk)
Rodrigo Caio (Flamengo)
Luiz Felipe (Lazio)
Lucas Veríssimo (Benfica)

Defesas laterais

Guilherme Arana (Atlético-MG)
Guga (Atlético-MG)
Gabriel Menino (Palmeiras)
Caio Henrique (Monaco)
Emerson (Barcelona)
Abner (Athletico-PR)
Dodô (Shakhtar Donetsk)

Médios

Bruno Guimarães (Lyon)
Gerson (Olympique de Marselha)
Claudinho (Red Bull Bragantino)
Douglas Luiz (Aston Villa)
Maycon (Shakhtar Donetsk)
Patrick de Paula (Palmeiras)
Fernandinho (Manchester City)
Liziero (São Paulo)
Matheus Henrique (Grêmio)
Pedrinho (Benfica)
Paulinho (Bayer Leverkusen)
Reinier (Borussia Dortmund)
Alison (Santos)

Avançados

Neymar (Paris Saint-Germain)
Richarlison (Everton)
Vinicius Jr. (Real Madrid)
Rodrygo (Real Madrid)
Gabriel Barbosa (Flamengo)
Antony (Ajax)
Matheus Cunha (Hertha Berlim)
Yuri Alberto (Internacional)
David Neres (Ajax)
Malcom (Zenit)
Gabriel Martinelli (Arsenal)
Evanílson (Porto)
Pedro (Flamengo)

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.