A marcação dos jogos dos três ‘grandes’ da sétima jornada da I Liga de futebol para 04 de outubro, dia das eleições legislativas, foi acordada com os clubes, tendo em conta as competições europeias e os jogos da seleção.

Em comunicado, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) informa que tendo em conta o ato eleitoral “procedeu à antecipação das datas oficiais das jornadas das suas competições para o dia 03 de outubro de 2015, de forma a não coincidir a data oficial com o dia das eleições legislativas”.

“Contudo, face à participação de equipas portuguesas nas competições europeias organizadas pela UEFA na semana anterior às referidas eleições legislativas, nomeadamente na Liga dos Campeões e na Liga Europa, bem como à obrigatoriedade das referidas sociedades desportivas cederem jogadores às respetivas seleções nacionais na manhã do dia 05 de outubro, a LPFP, em coordenação com as sociedades desportivas interessadas, procedeu à marcação dos jogos abaixo indicados para o dia 04 de outubro”, lê-se no comunicado da LPFP.

Os jogos em causa são a visita do bicampeão Benfica ao União da Madeira, às 16:00, e as receções do FC Porto ao Belenenses, às 18:15, e do Sporting ao Vitória de Guimarães, a partir das 20:30. O Sporting de Braga é o único ‘europeu’ a jogar na segunda-feira, quando recebe o Arouca, às 20:00.

Esta ronda do campeonato ocorre depois de encontros das competições europeias e antecede os derradeiros embates da seleção portuguesa com a Dinamarca, em Braga, na quinta-feira, 08 de novembro, e com a deslocação à Sérvia, três dias depois, na qualificação para o Euro2016.

Na Liga dos Campeões o FC Porto recebe os ingleses do Chelsea, na terça-feira, e o Benfica visita os espanhóis do Atlético de Madrid, na quarta, enquanto na quinta-feira, na Liga Europa, o Sporting visita os turcos do Besiktas, o Belenenses recebe os italianos da Fiorentina e o Sporting de Braga defronta em casa os holandeses do Groningen.

A LPFP refere ter advertido os clubes envolvidos para “tomarem as devidas diligências, com relação aos cidadãos recenseados que integram as suas equipas, bem como todos os agentes que participam nos referidos jogos, poderem exercer o seu direito de voto, junto das respetivas Câmaras Municipais”, de forma antecipada.

O organismo que rege as competições profissionais de futebol em Portugal diz ainda ter comunicado à Comissão Nacional de Eleições (CNE) a “factualidade e a solicitar disponibilidade para apoiar as sociedades desportivas supra referidas, caso estas tenham alguma dificuldade junto de alguma das Câmaras Municipais na qual venha a ser requerido o exercício antecipado do direito de voto”.

“A LPFP aproveita para apelar a todos os adeptos que pretendam deslocar-se para verem as suas equipas que não deixem de exercer o seu direito e dever de voto”, remata o organismo.

A marcação de jogos para dia de eleições foi algo que não ocorreu nas duas anteriores legislativas, em 27 de setembro de 2009 e 05 de junho de 2011, tendo apenas sido disputados jogos do Campeonato Nacional de Seniores nas autarquias de 29 de setembro de 2013 e dos campeonatos femininos e de juvenis nas Europeias de 25 de maio de 2011.

O dia das mais recentes autárquicas ficou marcado pela conquista do título mundial de ciclismo de fundo por Rui Costa, na cidade italiana de Florença, e da primeira vitória de um português num torneio ATP de ténis, com o triunfo de João Sousa em Kuala Lumpur, na Malásia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.