O FC Porto contabiliza mais três vitórias do que o Sporting, invicto na época passada, em vésperas do 239.º confronto futebolístico entre as duas equipas, este sábado, para a quinta jornada da I Liga 2021/22.

Entre I Liga, Taça de Portugal, Taça da Liga, Supertaça e Campeonato de Portugal, os ‘dragões’ conseguiram 86 triunfos, contra 83 dos ‘leões’, que somam mais 20 golos (336 contra 316), num duelo com 69 empates.

A formação ‘azul e branca’ está por cima, mas os ‘verde e brancos’ foram melhores em 2020/21, com uma vitória (2-1), nas meias-finais da Taça da Liga, em Leiria, e duas igualdades, no campeonato - a dois em Alvalade e a zero no Dragão.

O primeiro encontro aconteceu no Estádio José Alvalade, em 17 de outubro de 2020, e o argentino Luciano Vietto - vendido dias depois - foi a grande figura, ao entrar aos 56 minutos e salvar os ‘leões’ do desaire, com um golo aos 87.

O Sporting até tinha começado melhor, com um tento de Nuno Santos, logo aos nove minutos, mas a formação de Sérgio Conceição deu a volta ainda na primeira parte, por intermédio do colombiano Uribe, aos 25, e do mexicano Corona, aos 45.

Os ‘leões’ evitaram um terceiro desaire consecutivo com os ‘dragões’, que tinham vencido os dois jogos de 2019/20, e, no jogo seguinte, acabaram com uma série de seis jogos sem vencer - dois empates e um desaire em 2018/19.

Em 19 de janeiro, a formação de Sérgio Conceição adiantou-se já perto do fim, aos 79 minutos, pelo maliano Marega, mas Jovane Cabral, entrado aos 77, vestiu a ‘capa’ de ‘herói’ e virou o jogo, com golos aos 86 e 90+4.

O ‘bis’ avançado ‘leonino’ valeu a presença na final da Taça da Liga, na qual o ‘onze’ de Rúben Amorim bateu o Sporting de Braga por 1-0, com um tento do espanhol Pedro Porro.

Antes deste triunfo, o Sporting não ganhava desde 18 de abril de 2018, dia em que, ainda comandado por Jorge Jesus, tinha superado em casa os ‘dragões’ por 1-0, após prolongamento, com um tento de Coates, aos 84 minutos.

O jogo era respeitante à segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal e, como o FC Porto triunfara no Dragão por 1-0, o apuramento para a final decidiu-se nos penáltis, com o Sporting a prevalecer por 5-4.

Quanto ao terceiro encontro de 2020/21, terminou com uma igualdade sem golos, claramente favorável aos ‘leões’, que chegaram ao Dragão com mais 10 pontos do que os ‘dragões’ e mantiveram a vantagem, em encontro da 21.ª jornada da I Liga, disputado em 27 de fevereiro, rumo ao título.

Apesar da derrota na ‘batalha’ de 2020/21, o FC Porto segue na liderança do histórico, alcançada na segunda década do século XXI (desde 2010/11), com o dobro das vitórias (10 contra cinco) e mais sete golos marcados (27 contra 20).

Foi, aliás, a quarta década consecutiva de supremacia dos ‘dragões’: 13 vitórias contra cinco nos anos 80 do século passado, 14 contra cinco nos anos 90 e um tangencial 11-10 na primeira década do Século XXI.

O histórico apresenta um domínio dos ‘azuis e brancos’ em tempos recentes, mas já foi dominado de forma vincada pelo Sporting, que, no final da década de 70, tinha mais 19 triunfos do que os ‘dragões’ (56 contra 37).

No que respeita ao campeonato, o FC Porto tem mais nove vitórias (68 contra 59), mas o Sporting manda claramente em casa, com 45 vitórias, contra 20.

O 239.º jogo oficial entre o Sporting e o FC Porto, a contar para a quinta jornada da edição 2021/22 da I Liga portuguesa de futebol, está marcado para sábado, pelas 20h30, no Estadio José Alvalade, em Lisboa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.