Declarações de Pepe, treinador do FC Porto, e Pepe, central dos Dragões, à Sport TV, após o empate frente ao Sporting.

Sérgio Conceição

Análise ao jogo: "Entrámos relativamente bem no jogo mas o Sporting conseguiu fazer o golo quando de alguma forma dominávamos. Passado dois ou três minutos temos a ocasião do Corona, que podia ter empatado o jogo. Não fizemos e depois ficámos aquém daquilo que podemos fazer, com algumas perdas de bola no nosso início de construção e alguma indefinição no último terço. A equipa por vezes ficou distante do que tínhamos trabalhado. Mas podíamos apresentar aqui mil e uma desculpas, não é por aí... Devíamos ter feito mais. A equipa melhorou na segunda parte a todos os níveis. Na frente, sem criarmos muito, fomos mais dominadores e fizemos um excelente golo. Não permitimos tanto ao Sporting. Houve algumas picardias, os jogadores estavam nervosos, aqui e ali alguma falta de critérios nos cartões, o que enervou os jogadores. Foi um duelo entre duas boas equipas e competitivas. Tenho de dizer isto, foram duas equipas que queriam ganhar, dentro de um ambiente e contexto que não era fácil".

Saídas de Marcano e e Bruno Costa ainda na 1.ª parte: "Achei que devia fazer, porque não estávamos muito coesos no jogo. A equipa não estava a responder defensivamente, a perder bolas de forma constante no corredor central, o que permitia ao Sporting de forma rápida. O mais prudente seria tirá-los, entraram outros dois, mas não é pelo Bruno ou pelo Marcano, é a equipa, aquilo era o melhor para a equipa. Verificou-se que quem entrou deu uma boa resposta. Tenho de louvar o espírito dos jogadores. Uns na preparação, só vídeo e jogo, o que não é fácil; outros com algumas dificuldades físicas, porque um ou outro não jogou a 100%. São escolhas, achei que era a abordagem correta, depois de analisar com o departamento clínico. Depois é aquilo que disse: duas boas equipas, num jogo não tão bem jogado, algumas picardias a mais, mas faz parte dos clássicos, do que é futebol".

Já gostou mais da exibição de Corona? "Já esteve um pouco melhor do que vi há uma semanas. Este mês de agosto é terrivel para a estabilidade emocinal dos jogadores. Estamos a gerir isso, quem está de fora não sabe. Por vezes ficam surpresos com certas situações, mas quem conhece os jogadores, o ambiente que temos e também a preparação dos jogos, tomámos opções que são para ganhar jogos. Não estamos contentes por vir cá empatar a casa do campeão. Mas estamos na Champions, estamos habituados a jogos de alto nível e não jogando tão bem, não estando no nosso melhor, fomos uma equipa competitiva".

Desvantagem de quatro pontos para o Benfica: "É uma maratona, no final em maio faremos as contas".

Pepe

Análise ao jogo: "Foi um jogo bastante disputado, tanto da parte do FC Porto como do Sporting. Duas equipas que sabiam que uma vitória era bastante importante. Procurámos, desde o primeiro minuto, esse resultado. O jogo é mesmo assim. Uma bola que perdemos, o nosso mister tinha-nos orientado muito para a variação do jogo, para a largura de campo que eles tinham, mas a equipa reagiu bem. Tivemos ali uns 10 ou 15 minutos com a equipa muito afastada, mas acho que a segunda parte foi completamente nossa. Estivemos por cima do jogo. Se calhar poderíamos ter feito o 2-1, mas há muito campeonato pela frente. Temos que seguir este caminho".

Diogo Costa melhor em campo: "Diogo Costa evita mais dois golos do Sporting? Se fossemos por aí também podia estar aqui a queixar-me do penálti. E assim a história do jogo seria diferente. Não podemos entrar nisso, podemos dizer que foi um jogo bastante disputados, duas equipas tentando fazer o que os seus treinadores pediram. Quando assim é, é bonito para o futebol".

Exibição de Luis Diaz: "É o exemplo do profissionalismo e paixão que temos por representar o nosso clube. Sabemos da importancia de vestir esta camisola. É um orgulho ter jogadores como Díaz e outros."

FC Porto com menos quatro pontos que o Benfica: "Há muito campeonato pela frente. Muitos jogos. Ainda temos de defrontar o Benfica, temos jogos bastantes difíceis."

Sporting e FC Porto empataram, este sábado, 1-1 no clássico da quinta jornada da I Liga portuguesa de futebol e ficaram a quatro pontos do líder Benfica, que goleou o Santa Clara, por 5-0.

Nuno Santos, aos 16 minutos, deu vantagem aos campeões nacionais e o colombiano Luis Díaz empatou, aos 72, para os ‘dragões’, que terminaram o jogo em inferioridade numérica devido à expulsão do avançado espanhol Toni Martínez, por acumulação de cartões amarelos, aos 87.

Sporting e FC Porto continuam a dividir o segundo lugar, agora com 11 pontos, menos quatro do que o Benfica, ficando ambos ao alcance do Estoril Praia, quarto com 10, que visita o Tondela, na segunda-feira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.