O FC Porto enfrenta, este domingo (18 horas), um dos mais difíceis testes à condição de líder da I Liga, no estádio do Vitória de Guimarães, numa 29.ª jornada em que o perseguidor Sporting visita o ‘aflito’ Tondela.

A equipa portuense, que tem mantido uma vantagem de seis pontos sobre o campeão nacional desde a 19.ª jornada, pode superar o recorde de 56 jogos seguidos sem perder no campeonato, que partilha com o Benfica (estabelecido na época 1978/79), após 45 vitórias e 11 empates consecutivos.

O confronto com os vimaranenses, sextos classificados da prova, abre, no entanto, um ciclo muito complicado de deslocações para a formação treinada por Sérgio Conceição – que iniciou a série de invencibilidade em 2020/21 -, que inclui Sporting de Braga (quarto) e Benfica (terceiro).

Guia de Forma

A seis rondas do fim da I Liga, a ‘almofada’ do FC Porto terá de resistir àqueles três jogos fora de casa, uma vez que o calendário do Sporting parece substancialmente mais acessível, apesar de ter de receber o Benfica, mas com menos pressão na luta com o rival lisboeta pelo segundo lugar na prova.

O médio colombiano Matheus Uribe foi substituído na jornada anterior (vitória por 3-0 sobre o Santa Clara), devido a uma lesão muscular na coxa, e está em dúvida para o confronto com o Guimarães, que ainda tem uma réstia de esperança de desalojar do quinto lugar o Gil Vicente, do qual dista sete pontos.

Segundo o boletim clínico do FC Porto, Wilson Manafá (tratamento), Bruno Costa (treino condicionado) e Matheus Uribe (tratamento) ainda não estão aptos para a partida.

No último encontro, o FC Porto igualou o recorde de sempre do campeonato, ao somar o seu 56.º jogo sem perder na I Liga. Com a vitória diante do Santa Clara, na 28.ª ronda da prova, os Dragões bateram o seu próprio registo, e igualaram o recorde do campeonato, que estava na posse do Benfica desde 1978/79.

Histórico de Confrontos

Este será o duelo 175 entre FC Porto e Vitória de Guimarães a nível oficial, num histórico dominado pelos 'dragões'. São 113 vitórias para os portistas e 24 para os minhotos, num duelo que terminou empatado em 37 ocasiões. O saldo de golos também é muito favorável ao FC Porto: 387 marcados e 153 sofridos.

Os últimos seis jogos entre estes dois conjuntos foram ganhos pelo FC Porto, sendo que nos últimos 13 só por duas vezes o Vitória não perdeu: um empate e uma vitória.

Para a I Liga, ambos já se defrontaram em 153 ocasiões: 98 triunfos do FC Porto, 20 do Vitória de Guimarães e 35 empates. Mas se tivermos em conta os jogos no Dragão, aí o domínio é avassalador: 61 triunfos do FC Porto contra quatro dos Conquistadores, além de 12 empates.

No Estádio D. Afonso Henriques, o FC Porto apresenta vantagem nos duelos frente ao Vitória de Guimarães, tendo vencido metade dos jogos: 43 vitórias em 86 jogos. A equipa minhota soma 20 triunfos

Na primeira volta, o FC Porto venceu em casa o Vitória de Guimarães por 2-1, em jogo da 12.ª jornada. Marcus Edwards ainda colocou os vimaranenses em vantagem, de penálti, mas Luis Díaz e Evanilson marcaram os golos da reviravolta dos 'dragões', numa partida em que o Vitória jogou em inferioridade numérica desde os 53 minutos, por expulsão de Mumin.

Em 13 jogos frente ao FC Porto, Pepa soma duas vitórias - a última na época passada, ao serviço do Paços de Ferreira (3-2 em casa), além de ser o último treinador a vencer o FC Porto no campeonato: 3-2 pelo Paços, em outubro de 2020

O que dizem os treinadores

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto

"Qualquer treinador que treine o FC Porto e que vá jogar contra o V. Guimarães sabe que vai ter pela frente um jogo competitivo, que historicamente é sempre difícil. O Vitória pode não estar tão bem no campeonato, mas sempre que há este jogo vem cá para cima o fervor e a paixão dos adeptos. Vamos apanhar um Vitória num bom momento, com jogadores interessantes, com um treinador que tem feito também um percurso interessante. A nós, perante essas valias, resta-nos perceber que também temos qualidade e valia para ir a Guimarães ganhar o jogo, que é o que queremos", disse, na antevisão ao jogo marcado para as 18:00.

Pepa, treinador do V. Guimarães

“Muito sinceramente, não posso dizer que nos passa ao lado, porque é um registo muito grande. [O FC Porto] está às portas de um recorde e até já o igualou, mas isso não nos diz nada. Isto não é um mano a mano entre o Pepa e o Sérgio Conceição. É um jogo diferente [do de Paços de Ferreira], num contexto diferente. São duas equipas muito competentes e fortes, e vamos ter um grande espetáculo no domingo”, disse, na antevisão ao jogo marcado para as 18:00.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.