Depois da pausa para os compromissos das seleções, o Benfica volta a entrar em campo para a Primeira Liga, na liderança do campeonato e de olho no clássico para aumentar a vantagem no topo da campeonato para pelo menos um dos principais adversários.

Contudo, a visita aos Açores, para defrontar o Santa Clara, provou-se complicada na última época, com a última visita ao arquipélago a terminar com um empate, num jogo que ficou marcado pelo temporal que obrigou à suspensão da partida que viria a ser retomada no dia seguinte.

Para a visita a Ponta Delgada, Taarabt é baixa certa devido aos dois jogos de suspensão impostos pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol pelos incidentes na final da Taça de Portugal, no último mês de maio. Do outro lado da barricada, Allano (expulso no último jogo), Rúben Oliveira e Costinha (lesionados) são ausências confirmadas nos açorianos.

Guia de forma

O Benfica chega ao Estádio de São Miguel em busca da quinta vitória consecutiva a contar para a Primeira Liga, depois de vitórias frente a Tondela, Gil Vicente, Arouca e Moreirense. Olhando para lá das competições nacionais, o número de jogos sem perder aumenta para oito, juntando os quatro jogos que colocaram os encarnados na fase de grupos da Liga dos Campeões (três vitórias e um empate).

Análise Benfica-Tondela: A liderança isolada da Liga foi garantida a partir do banco
Análise Benfica-Tondela: A liderança isolada da Liga foi garantida a partir do banco
Ver artigo

As quatro vitórias na Liga colocam as águias no primeiro lugar, sendo uma das quatro equipas sem derrotas, mas a única que ainda não perdeu pontos, somando 12 pontos, mais dois que Sporting, FC Porto e Estoril.

Com o clássico horas depois, uma vitória nos Açores deixa os encarnados em boa posição para aumentar a vantagem para pelo menos um dos principais adversários, sendo que em caso de empate em Alvalade e vitória frente ao Santa Clara, a vantagem aumenta para quatro pontos face a leões e dragões.

Já o Santa Clara voltou às vitórias no último jogo, batendo o Gil Vicente por 1-0, depois de duas vitórias consecutivas, para a Liga e para o playoff da Liga Conferência Europa, que atirou os açorianos para fora da nova competição da UEFA.

Para a Liga, a equipa de Daniel Ramos soma uma vitória, um empate e dois empates, ocupando o 12.º lugar com quatro pontos. Ainda assim, juntando os jogos da Liga Conferência Europa e o jogo da Taça da Liga, o histórico é positivo: os açorianos somam seis vitórias, dois empates e três derrotas nos 11 jogos oficiais que disputou esta época.

Histórico

O duelo deste sábado será o 13.º do histórico entre Benfica e Santa Clara, com clara vantagem para a equipa encarnada. O Benfica soma 10 vitórias frente aos açorianos, a última das quais no último jogo disputado entre as duas equipas, em abril de 2021, vencendo por 2-1 na Luz.

Já o Santa Clara apenas venceu os encarnados por uma vez, há relativamente pouco tempo: em junho de 2020, no pós-retoma da Primeira Liga, os açorianos foram a Lisboa bater o Benfica por 3-4, com o golo da vitória a surgir aos 90+5 minutos.

Além das vitórias de lisboetas e açorianos, registam-se ainda dois empates, ambos para a Primeira Liga: o último na visita mais recente do Benfica ao Estádio de São Miguel, em janeiro deste ano (1-1, 12.ª jornada, I Liga).

Análise/Santa Clara 1-1 Benfica: A tempestade passou mas a águia voou raso
Análise/Santa Clara 1-1 Benfica: A tempestade passou mas a águia voou raso
Ver artigo

Antes disso e da vitória na Luz, a única vez que o Santa Clara tinha 'roubado' pontos aos encarnados aconteceu em abril de 2002, com um empate a zeros, também nos Açores (30.ª jornada, I Liga).

O que dizem os treinadores

Daniel Ramos, treinador do Santa Clara: "Espero sempre que o Santa Clara seja uma equipa a crescer, mas, certamente, só um Santa Clara forte consegue ombrear com uma equipa com a valia do Benfica. E temos essa noção e a convicção de que temos capacidade para o fazer. (...) Com muito respeito que temos pelo Benfica, vamos tentar fazer o nosso jogo amanhã [sábado]. O nosso jogo ofensivo, o nosso jogo defensivo. Porque só assim é que conseguimos ter a possibilidade de, pela primeira vez, vencer o Benfica em casa"

Jorge Jesus, treinador do Benfica: "Sabemos que os dois rivais vão jogar entre eles e que não podem ganhar os dois. Mas também sabemos que temos um jogo difícil e, mais importante do que os nossos rivais, é o nosso jogo. Será um jogo de exigência máxima e para atingirmos os nossos objetivos temos de pensar em nós e não nos outros. Estou preocupado é com a equipa do Santa Clara. Os outros não me preocupam"

Árbitro

Rui Costa, árbitro da Associação de Futebol do Porto, será o árbitro da partida do encontro entre Santa Clara e Benfica. O portuense de 45 anos será auxiliado por Nuno Manso e João Bessa Silva, com Ricardo Baixinho a quatro árbitro.

No vídeoárbitro estará Artur Soares Dias, assistido por Rui Licínio.

O encontro entre açorianos e lisboetas tem início marcado para as 18 horas (17 horas nos Açores) e pode ser acompanhado AO MINUTO no SAPO Desporto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.