Sam Allardyce afirmou que as novas regras trazidas pelo Brexit já tiveram impacto nas suas opções para o recrutamento de novos jogadores para um West Brom em luta pela permanência na Premier League.

Os 'Baggies' foram obrigados a abandonarem três negócios depois de se tornar claro que os jogadores não reuniam os requisitos para obterem uma licença de trabalho.

Os europeus que vão para o Reino Unido terão agora de cumprir uma qualificação por pontos depois do período de transição para a saída do Reino Unido da União Europeia ter terminado no passado dia 31 de dezembro. Os pontos serão atribuídos por internacionalizações com as seleções seniores e jovens, com o número de jogos pelo clube e pelo sucesso do clube que vende o jogador.

"Já encontrei três jogadores que podiam vir para cá e não são permitidos. É uma pena", disse Allardyce.

"Devido às novas regras das licenças eles não puderam vir para este país, quando antes teriam conseguido. Agora tenho de olhar para um jogador e pensar 'ele consegue a licença?'. Isto tornou a nossa vida um pouco mais difícil. Não é tanto pela pandemia, mas pela mudança das regras por causa do acordo do Brexit", acrescentou.

Allardyce soma apenas um ponto nos seus primeiros quatro jogos ao comando da equipa, depois do Albion ter sido derrotado pelo Arsenal por 4-0 no sábado, quatro dias depois de outra humilhação, em casa, por 5-0 frente ao Leeds.

"Não quero faltar ao respeito aos meus jogadores porque eles dão o máximo, mas tenho de encontrar jogadores para melhorarem o plantel. Sempre que um jogador vem, tem de ser melhor do que o que já temos e capaz de entrar na equipa quase de imediato", afirmou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.