Depois de, esta semana, a Federação Inglesa (FA) ter aberto um processo a Cristiano Ronaldo ainda na sequência do telemóvel de um jovem autista adepto do Everton que o internacional português atirou para o chão no passado mês de abril, mãe do referido adepto disse esperar que CR7 seja devidamente punido.

"Vamos esperar para que ele receba finalmente o castigo adequado. Ele não pode continuar a livrar-se disto. O comportamento dele foi inaceitável. Devia ter lidado com o que fez há seis meses. O meu filho fala sobre o que lhe aconteceu todos os dias e ainda não recuperou o telemóvel", disse a progenitora, citada pelo jornal 'The Mirror'.

"Ele deveria pagar por isso. Ele é que causou tudo isto! Como é que ele pode atacar uma criança e continuar normalmente? Como é que consegue dormir de noite, sabendo a angústia que provocou a um jovem adepto?", questiona a referida mão.

"Ele convidou-nos para um encontro para o conhecermos e disse que estava arrependido, mas que não tinha feito nada de errado. Isso não é um pedido de desculpas, é um insulto", sublinhou, antes de dizer que tinha sido informada pela polícia que Ronaldo pagou uma multa de 200 libras.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.