O Newcastle foi vendido ao Public Investment Fund (PIF), um fundo de investimento controlado pela Arábia Saudita. Com esta aquisição, o Newcastle pode vir a tornar-se num novo Manchester City ou até melhor. É que a riqueza dos novos proprietários é superior a dos dez donos de clubes mais ricos da Premier League.

Mohammad bin Salman será assim o proprietário mais rico do mundo do futebol, com uma fortuna 10 vezes superior ao dono do Manchester City, por exemplo.

Os novos donos já avisaram que vão investir muito no clube, a começar já no mercado de janeiro. Muitos adeptos dos 'magpies' esperam a chegada de estrelas do futebol mundial mas Jamie Carragher, antigo internacional inglês, lembrou que não é assim tão simples.

"As estrelas só irão para o Newcaslte quando virem êxitos. Nem o Declan Rice se sentiria tentado a deixar o West Ham pelo Newcastle. É indiferente quanto vai gastar em janeiro. O Newcastle está a 18 meses de estar onde se encontra o West Ham, competindo na Europa e combatendo o top 6. É uma fantasia esperar que Kylian Mbappé ou Haaland assinem pelo Newcastle. Nunca vão deixar a Champions e todos os potenciais recordes que possam alcançar por um projeto a longo prazo. Sim, há dinheiro, mas há clubes já na elite que também podem pagar o mesmo", disse o antigo lateral direito do Liverpool, recordando o processo que passou o Chelsea desde a chegada de Abramovich.

"[O Newcasrtle] não pode ser comparado com Abramovich. O Chelsea, antes da compra, ganha a FA Cup [Taça de Inglaterra], com jogadores como Zola, Gullit e Desailly, atraídos pela vida em Londres. O objetivo era dar o passo seguinte e ganharam a Premier League em dois anos, mas já se classificavam para a Liga dos Campeões com jogadores de classe mundial", lembrou.

O Newcastle, que estava na posse de Mike Ashley há 14 anos, foi assim adquirido por um consórcio composto pelo fundo de investimento saudita, pela PCP Capital Partners e pelos ingleses David e Simon Reuben. O negócio ficou feito por 300 milhões de libras, qualquer coisa como 360 milhões de euros.

Mike Ashley, dono do clube nos últimos 14 anos, será substituído na presidência por Amanda Staveley, empresária britânica, representante do fundo de investimento saudita. O multimilionário e dono da empresa Sports Direct, presidia o Newcastle desde 2007, quando salvou o clube da insolvência.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.