Na antevisão ao encontro com a Sérvia, (este sábado às 19h45), referente segunda jornada do Grupo A de qualificação europeia para o Mundial'2022, Fernando Santos reconhece que a formação adversária irá colocar maiores dificuldades do que o Azerbaijão, mas acredita num vitória.

"São adversários completamente distintos. Vai ser difícil, mas já o Azerbaijão foi. No futebol o mais importante é o momento. Estou convencido de que vai ser um jogo difícil, contra um adversário forte e provou-o aqui contra a Irlanda [triunfo por 3-2]. Tem jogadores de grande qualidade que todos conhecemos. Jogadores de elevada craveira técnica e física. Em casa é sempre uma equipa poderosa mas estamos aqui para vencer o jogo", afirmou, esta sexta-feira, o selecionador nacional.

Fernando Santos reconhece que é importante vencer na casa do rival. Sérvia é considerado o adversário direto de Portugal na luta pelo primeiro lugar do grupo.

"É importante ganhar aqui para Portugal. Queremos estar no Mundial, já o dissemos, não escondemos nada. Temos esse desejo de disputar o Campeonato do Mundo, mas para isso temos de lá chegar. Obviamente que este jogo é importante, como todos os outros. Temos 8 jogos para disputar, já ganhámos um e agora temos mais sete para alcançar o que desejamos. Uma vitória era um passo muito importante. Mas sabemos das dificuldades que este jogo encerra. Não são comparáveis os jogos. Estamos a falar de uma equipa onde todos os jogadores jogam em grandes equipas da Europa. Vão se defrontar duas grandes equipas. A Sérvia tem a ambição natural de vencer o jogo, mas Portugal também e eu confio nos meus jogadores", explicou o selecionador que prontamente falou em gestão de expetativas.

"Se é o mais difícil? Não sei. Na teoria o jogo com o Azerbaijão era fácil e na prática não foi nada. Teoria vale pouco, o que conta é a prática e o que acontece no jogo. A Sérvia tem ambição de nos ganhar e vai ser um jogo diferente. Vai ser uma equipa disposta a atacar. Nós, respeitando muito a equipa da Sérvia, a qualidade dos seus jogadores, temos de fazer o que sempre fizemos. Respeitar-nos a nós e a nossa qualidade de jogo".

Portugal defronta no sábado a Sérvia, às 20:45 (19:45 em Lisboa), fechando na terça-feira a ronda tripla inicial de apuramento para o Mundial2022 com a visita ao Luxemburgo.

O holandês Danny Makkelie foi o árbitro escolhido pela UEFA para dirigir o encontro no Estádio Rajko Mitic, em Belgrado.

Para garantir uma oitava participação, e sexta consecutiva, no Mundial, cuja edição de 2022 se realiza entre 21 de novembro e 18 de dezembro, no Qatar, Portugal precisa de vencer o agrupamento, sendo que o segundo classificado jogará um ‘play-off’.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.