Precisou de sofrer, mas o Paris Saint-Germain continua invicto na Ligue 1, depois de receber e vencer o Olympique Lyon por 2-1, no Parque dos Príncipes.

No encontro que marcou a estreia de Nuno Mendes a titular, com Messi, Neymar e Mbappé também presentes no onze, foi o Lyon a inaugurar o marcador.

Lucas Paquetá colocou os visitantes em vantagem aos 54 minutos, mas Neymar, na marcação de uma grande penalidade, fez o empate aos 66 minutos.

O minuto 76 trouxe o momento que, para lá do último golo, marcou o encontro, com Mauricio Pochettino a fazer entrar Achraf Hakimi para o lugar de... Messi.

O jogador argentino não ficou satisfeito com a decisão do técnico parisiense, como as imagens da emissão televisiva demonstram.

Apesar do mal estar de Messi, as substituições de Pochettino acabaram por dar resultado, com Icardi, que entrou para o lugar de Di Maria aos 82 minutos, a apontar o golo da vitória aos 90+3 minutos de jogo, após assistência de Mbappé.

Nuno Mendes, no lado esquerdo da defesa dos anfitriões, e Anthony Lopes, na baliza do Lyon, jogaram ambos os 90 minutos, o jovem ex-‘leão’ sendo titular pela primeira vez, enquanto Danilo Pereira não saiu do banco dos parisienses.

Com este triunfo, o PSG passou a somar 18 pontos, mais cinco do que o Marselha, segundo classificado, com menos um jogo, que hoje venceu em casa o Rennes por 2-0, com tentos do senegalês Bamba Dieng (48 minutos) e do marroquino Amine Harit (71).

Nos outros jogos do dia, destaque para o Nantes, que venceu no reduto do Angers, ex-segundo classificado e agora quarto, por expressivos 4-1. Os outros quatro jogos acabaram empatados.

*Artigo atualizado às 22h07

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.