O Benfica recebe quarta-feira, a partir das 20h00, no Estádio da Luz, o poderosíssimo Bayern Munique, em jogo da 3.ª jornada do Grupo E da Liga dos Campeões 2021/22 e, na antevisão ao encontro, Jorge Jesus, treinador das 'águias', começou por destacar a qualidade do adversário, mas salientou que não é por isso que o Benfica vai entrar em campo sem a ambição de somar os três pontos.

"Temos consciência dos adversários que nos calharam nesta fase de grupos e amanhã vamos defrontar uma equipa que é considerada a mais forte do Mundo. Também penso da mesma maneira, não porque tenha os melhores jogadores - o PSG é que tem melhores - mas pela sustentabilidade que tem entre o trabalho técnico, tático, a ideia de jogo defensiva e ofensiva, que é diferente do que todas as outras", começou por dizer Jorge Jesus.

Certeza de um jogo com golos

O técnico das 'águias' diz não ter dúvidas de que o encontro com os bávaros não ficará a zeros. "Não vai ser um jogo de 0-0. Quase tenho a certeza absoluta que o Bayern faz golos. Ainda não houve um jogo em que o Bayern não os fizesse. Mas a minha equipa tem de ter capacidade técnica, tática e psicológica para conviver com isso, no jogo às vezes vai estar por baixo", garantiu.

Satisfeito com um ponto só se não puder ganhar os três

Apesar de reconhecer o poderio dos bávaros, Jesus quer a vitória. "Se pudesse escolher, escolhia os três pontos; se não puder ganhar, um ponto já é bom", afirmou.

Sem receio de ser goleado

Jesus garantiu que não passa pela sua cabeça ser goleado pelo Bayern. "Há essa hipótese, se calhar, na maioria das pessoas, mas não há na cabeça do treinador e dos jogadores do Benfica. No futebol, podem acontecer essas situações, mas acreditamos que temos possibilidades de sair do jogo com pontos. Vão ter oportunidade de ver a equipa que vou lançar no jogo, uma equipa para a frente, não para trás, com jogadores muito criativos e rápidos. Respeitamos o Bayern Munique. Não vamos para o jogo a pensar que podemos ser goleados. Acreditamos na nossa capacidade. Vamos para o jogo a pensar que podemos ganhar, e depois vemos o que o jogo dita", frisou.

Bayern avisado para a qualidade do Benfica depois do triunfo sobre o Barça

Jesus sublinhou também que, depois do triunfo claro da sua equipa sobre o Barcelona, o Bayern estará alerta. "O Barcelona sabia que o Benfica era uma equipa com poder, mas nunca pensou que pudéssemos fazer o jogo que fizemos. O Bayern, agora, já sabe que o Benfica ganhou 3-0 ao Barcelona, tal como eles. Já estão com o alerta, mas o jogo tem várias nuances. Nós, os treinadores, não sabemos o que vai acontecer. Se fosse uma ciência exata, era mais fácil. Acredito que o Bayern Munique esteja muito mais focado no que a equipa do Benfica pode fazer do que o Barcelona", referiu.

Rafa vai a jogo

Ausente, devido a lesão, os compromissos da Seleção Nacional e do último jogo do Benfica, para a Taça, frente ao Trofense, Rafa poderá ser opção para este embate com o Bayern, confirmou Jesus. "Amanhã ainda vamos treinar. O Rafa está em condições para o jogo, e se não acontecer nada, vai ser lançado no jogo", avançou.

Ausência de Alphonso Davies não ajuda, é motivo de preocupação

No Bayern sabe-se já que o lateral esquerdo Alphonso Davies é baixa confirmada. Mas, apesar da qualidade do jogador, Jesus diz que, pelo menos para si, não são boas notícias, porque lhe vai dar muito que pensar. "Não jogando o Davies, que considero talvez o melhor lateral-esquerdo do mundo, talvez possa mexer comigo em relação a olhar para o jogo de outra maneira. Preparei o jogo com ele em campo. Não jogando, pode haver alguns jogadores que vão mudar de posição, o que faz com que, até amanhã, me preocupe um pouco com esse tema. Não jogando, mexe com o que tinha preparado para o jogo", explicou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.