Diego Simeone explicou a abordagem do Atlético Madrid no mercado de transferências. O técnico dos 'colchoneros' lembrou que o clube não poderá competir com os colossos Real Madrid e Barcelona na compra de jogadores, pelo que é preciso ser-se mais criterioso e criativo na hora de contratar.

"Nós não temos as opções das equipas superpoderosas de gastar 150 ou 200 milhões num jogador, no Atlético temos de ser criativos. Há que ter claro o que precisamos para melhorar a equipa e o que temos para desenvolver", disse o argentino, em entrevista ao 'The Coaches Voice'.

Apesar das dificuldades, o Atlético Madrid conseguiu ganhar a Liga Espanhola, batendo Barcelona e Real Madrid. Simeone explicou qual o segredo para tal feito.

"Ganhar a Liga a competir com o Real Madrid e o Barcelona é quase impossível. Nesta última década tiveram uma força tremenda e contaram com futebolistas incríveis. Mas com trabalho duro, continuidade e consistência conseguimo-lo, também com grandes jogadores porque sem eles não o tínhamos conseguido", explicou.

A carreira de treinador de treinador começou na Argentina, onde Simeone orientou o Racing Club Avellaneda (2005/2006 e 2010/2011), Estudiantes de La Plata (2006/2007) e River Plate (2007/2008). Também esteve no San Lorenzo mas apenas orientou o clube numa partida. O argentino de 48 anos vai na oitava época seguida no Atlético Madrid.

Mas o 'bichinho' de treinador despontou quando Diego Simeone ainda era jogador.

"Tinha 27 ou 28 anos quando decidi ser treinador. Na Lazio joguei a ser treinador... imaginei uma sessão de treino, o próximo jogo e tudo o que faria se fosse treinador. No final do dia, estava cheio de folhas com desenhos e anotações. Gostava de escrever tudo. [...] O melhor [de ser treinador] é melhorar os teus jogadores. Claro que todos queremos ser campeões, mas o maior título é ver jogadores como Koke, Lucas ou Correa a crescer", atirou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.