O belga Vincent Kompany deixou hoje o comando técnico do Anderlecht, que levou ao terceiro lugar da Liga belga de futebol, anunciou o emblema histórico da Bélgica em comunicado.

“O clube e o treinador analisaram a temporada passada e debateram planos para o futuro, decidindo separar-se por mútuo acordo”, pode ler-se na nota.

Segundo o Anderlecht, a decisão “foi tomada com muito respeito mútuo e gratidão por tudo o que foi conseguido”, com o antigo jogador, que começou neste clube a carreira, a manifestar o desejo de continuar “a ser um adepto fiel”.

O belga tinha regressado em 2019, após deixar o Manchester City, que ‘capitaneou’ e pelo qual jogou em 11 épocas, e assumiu o comando técnico em 2020/21.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.