A Liga austríaca de futebol disse hoje ter instaurado um processo ao líder do campeonato, o LASK Linz, após o clube ter alegadamente quebrado as regras de treino durante a pandemia de covid-19.

Segundo a organização da prova, foram recebidos vários vídeos que mostram "uma sessão de treinos regular", e não o plantel dividido em pequenos grupos, uma vez que o treino normal só está marcado para ser retomado na sexta-feira.

A violação das regras do 'fair play' e a possibilidade de uma "vantagem competitiva" ganha pelo treino regular são criticadas num comunicado assinado pelos outros 11 clubes austríacos primodivisionários.

"Estes vídeos confirmam os rumores que persistem há dias sobre um treino regular", pode ler-se na nota, enquanto o diretor comercial do Salzburgo, Stephan Reiter, se mostrou "chocado" com a conduta do LASK, que diz suspeitar de dois homens 'infiltrados' no clube e que colocaram câmaras secretas.

O futebol está marcado para voltar a decorrer naquele país com a final da Taça da Áustria, entre Salzburgo e SC Áustria Lustenau, no dia 29 de maio, antes do regresso da Liga em junho.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 297 mil mortos e infetou mais de 4,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 1,5 milhões de doentes foram considerados curados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.