O futebolista internacional francês Samir Nasri declarou hoje estar arrependido pelas fortes palavras dirigidas aos jornalistas depois da eliminação do Euro2012, diante da Espanha, uma derrota por 2-0, nos quartos de final, além de outros seus comportamentos.

O médio de 25 anos do Manchester City afirmou na sua conta de uma rede social na Internet que a sua ira foi dirigida a certos jornalistas e que, a seu tempo, explicaria as suas razões.

«Há muitas culpas a serem atiradas agora por todo o lado. Queria só dizer aos adeptos, especialmente às crianças, que estou arrependido por as minhas palavras, eventualmente, os terem chocado», disse.

Nasri fez um gesto de mandar calar o público na celebração de um golo e entrou num grave conflito com um colega de equipa no balneário, devendo receber uma sanção disciplinar por parte da Federação Francesa de Futebol que pode chegar aos dois anos sem envergar a camisola "bleu".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.